José Tannuri | Por uma condição mais humana de mundo
De 05/04/2011 a 20/04/2011  
                                                         

As três séries de trabalhos de José Tannuri que aqui nos cercam têm o impedimento como símbolo. É na alusão às cercas que suas obras criam um território da diferença: exibem a forma equivocada, fria e distante que mantemos com o mundo. Particularmente na série Fronteiras, temos um diálogo intenso com certo “mobiliário urbano” brasileiro surgido no fim da década de 1980 (os muros adornados com cacos de vidro em seus topos) e, consequentemente, com os sintomas de medo e violência que assolam a população. Estas obras parecem nos perguntar o que fizemos com o nosso espaço urbano e o que nos tornamos. Margeando o comentário de que a arte cada vez mais se infiltra na vida e vice-versa, as obras desta exposição fazem parte de um conjunto de experiências artísticas que apontam o aumento da desconfiança em relação ao “outro”, sintoma que tem sido cada vez mais frequente na contemporaneidade.  

Paiva Brasil | Desenhos e Objetos
De 01/09/2011 a 17/09/2011                                                                                                                     

Paiva Brasil é o convidado da Tramas para comemorar um ano de Galeria.

O artista apresenta novas produções e trabalhos da década de 80.

No dia 1º de setembro, quinta-feira, a Tramas Galeria de Arte convida Paiva Brasil para expor seus trabalhos. A recém-inaugurada galeria comemora um ano de abertura com a mostra do artista.
... 

Renato Sant'Ana | Oxidação da Tabela Periódica
De 24/11/2011 a 13/01/2012                                                                                                                                                                    

A Expressão do Renato Sant’Ana

 

"Nosso método precisa ser compreendido pelo intelecto, mas não aplicado através do intelecto." Michael Chekhov escreveu isto sobre a arte de atuar no palco, mas sua colocação é profunda e pode ser compreendida no contexto de qualquer trabalho de criação artística. Existe um lugar no processo criativo onde as vivências se mesclam e, na essência da experiência corporal, não importa o que está sendo criado: uma música, pintura, dança ou qualquer outro tipo de poesia. É a experiência de concentração e de transformação pessoal. 

/11

 
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now